Acalásia é uma condição rara que provoca dificuldade de deglutição, como resultado de um distúrbio no esfíncter esofágico inferior o qual se torna incapaz de relaxar, tornando-se difícil para os pacientes a passagem do alimento para o estômago.

O esfíncter esofágico inferior é uma válvula muscular localizada no final do esôfago, que permite que os alimentos e líquidos passem para o estômago, mas impede que os mesmos se movam de volta para o esôfago. Pacientes com acalásia muitas vezes experimentam dor torácica, regurgitação e aspiração do conteúdo esofágico para dentro dos pulmões. Esta condição progressiva requer tratamento imediato para aliviar os sintomas e evitar danos graves.

A doença de Chagas é uma causa muito comum de acalásia no Brasil.

Como é diagnosticada?

Se você tiver sintomas de acalásia, seu médico provavelmente irá realizar uma série de testes para determinar a causa de seus sintomas e confirmar o diagnóstico. Estes testes podem incluir:

  • Rx Contrastado
  • Endoscopia
  • Manometria esofágica

Se foi diagnosticada, o médico irá desenvolver um plano de tratamento, a fim de corrigir a sua condição individual

Como se faz o tratamento cirúrgico?

A depender do estágio da doença, geralmente o tratamento cirúrgico é realizado através de um procedimento chamado miotomia a Heller, que corta os músculos do esfíncter na junção do esôfago e estômago. Isso permite que o alimento passe mais facilmente para o estômago, aliviando os pacientes de seus sintomas. Uma vez que o músculo do esfíncter já não pode fechar-se completamente após este procedimento, o cirurgião pode optar por também realizar a fundoplicatura para reduzir o risco do paciente desenvolver refluxo gastroesofágico.Realizada por laparoscopia, o procedimento envolve pequenas incisões e menos cicatrizes. A maioria dos pacientes pode voltar para casa depois de uma internação hospitalar durante a noite.

Existem riscos associados com este procedimento?

Embora a cirurgia laparoscópica seja considerada segura para a maioria dos pacientes e ofereça muitas vantagens, há certos riscos e complicações associadas com qualquer procedimento cirúrgico. Alguns destes são a fístula, sangramento e refluxo gastroesofágico.

< Voltar para o menu inicial